quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Matheus Sampei... Rodas que Libertam!

Oi gente bonita!

Quando o Pode Cornettah ainda era um projeto que estava no papel, a história do Matheus Sampei, já era um sonho de consumo, pois apesar de bem jovem, ele possui na bagagem da sua vida, uma mudança carregada de desafios, determinação e muita vontade de viver. Tive o prazer de conhecê-lo através de um trabalho que estava desenvolvendo durante o curso da minha Pós Graduação em Design de Interiores, em parceria com a Dumont Brasil, que tratava-se de uma estação de trabalho (E3 – Estação Ergonômica Especializada) projetada com conceitos do desenho universal para atender a todos com excelência, inclusive pessoas com deficiência física. Esse projeto não vingou, mas Pode Cornettah está vingando... hehehe


Foto: Cornettando Matheus Sampei
Fonte: Pode Cornettah

A história do Matheus é aquele tipo de história que me leva a refletir que a pessoa deficiente não é ele, mas sim eu, você, que nos limitamos no cume calmo dos nossos medos e que, incontáveis vezes, criamos e não conseguimos ultrapassar obstáculos psicológicos. Ele, com maestria, ensina-nos a exorcizar cada um de nossos fantasmas usando as adversidades e a força do oponente ao nosso favor.

O acidente representa um divisor de águas na sua trajetória pessoal e profissional, representa um marco para a empresa onde trabalhou por 17 anos e para o mercado de trabalho como um todo e será também um marco na historia do esporte paraolímpico.

Cadeira de rodas... rodas que o liberta e o faz voar e alcançar voos cada vez mais altos.. Rodas que libertam... Esse seria um bom título para uma biografia... quem sabe... 

Parabéns Matheus por ser questionador, lutador, motivador, jogador, competidor e até inventor... e obrigado por fazer a diferença numa sociedade tão louca. 

Leia o post, assista o vídeo, curta, compartilhe, comente, inscreva-se no nosso canal e dê um like! Obrigado por nos prestigiar! 




Grande Abraço,
Eduardo Caetano